Tels: (21) 99362-4615 | (21) 2558-3985 contato@academiaeft.com.br
A Depressão pode matar, mas a EFT pode curar

A Depressão pode matar, mas a EFT pode curar

A depressão é uma doença que afeta um número cada vez maior de pessoas em todo o mundo e é considerada uma doença dos tempos modernos. O que parece ser uma tristeza ou falta de entusiasmo momentâneo, pode ser o sinal de uma doença séria, grave, que pode levar até a morte: a depressão. Se você sente, com muita frequência, sintomas como: tristeza profunda e persistente, falta de ânimo na vida, perda ou ganho de peso excessivo, excesso ou falta de sono, entre outros sintomas, você pode estar com depressão. A enfermidade demora a ser reconhecida, muitas vezes, pela própria pessoa. Como qualquer outra doença, o quanto antes for identificada, melhor o prognóstico do tratamento.

É uma forma de morte emocional e psicológica, onde a pessoa acometida perdeu, além do gosto pela vida, o desejo de viver, ao menos temporariamente. Normalmente, pelo grau de sofrimento interno, a depressão frequentemente é acompanhada por pensamentos, sentimentos e ações suicidas. Na realidade, em determinadas circunstância da vida, que envolvem desgostos, perdas, estresse, prejuízo, entre outros, a reação normal é o desapontamento, não necessariamente a depressão. São situações bastante distintas, uma vez que depressão imobiliza a pessoa, tornando-a incapaz de manter o desejo ou a energia exigidos para que possa manter suas atividades rotineiras.

imageSegundo estimativa da Organização Mundial de Saúde, aproximadamente 340 milhões de pessoas apresentam pelo menos um episódio depressivo ao longo da vida. O transtorno depressivo maior (TDM) pode surgir de forma mais leve, ser moderado ou muito grave. Cerca de 30% de jovens com depressão leve apresentarão (dentro de 15 anos) uma depressão grave e 50% daqueles que sofreram de depressão grave não se recuperarão, permanecendo com uma depressão leve para o resto da vida. A verdade é que são milhões de pessoas sofrendo desta enfermidade em todo o mundo, atingindo, no Brasil, cerca de 15% da população.

Ninguém está imune, assim, o transtorno depressivo pode afetar pessoas em qualquer fase da vida, inclusive na infância e adolescência, evoluindo, geralmente, de forma crônica para, aproximadamente, 20% dos indivíduos. A taxa de recorrência é mais alta nas pessoas que possuem mais de 45 anos de idade. Estudiosos afirmam que as mulheres são mais propensas sofrer depressão que os homens, sendo 50% mais elevado o número de mulheres afetadas do que homens. Essa maior prevalência talvez se dê em decorrência da depressão pós-parto que afeta até uma mulher em cada cinco.

O tratamento exige uma consulta inicial a um profissional de saúde mental, geralmente um médico psiquiatra, a fim de que o caso seja avaliado. Se a pessoa for diagnosticada um quadro depressivo, deverá iniciar um processo de psicoterapia, em que irá rever sua postura diante dos problemas, e também um tratamento medicamentoso, para adequar quimicamente a produção dos neurotransmissores (serotonina, noradrenalina, dopamina, entre outros).

 

Mas como a EFT pode curar a Depressão?

 

Robin-Williams-DEPRESSAOEFT é uma técnica de domínio público voltada para a libertação emocional. Sua aplicação é muito simples, porém extremamente poderosa e eficiente Nas sessões para trabalhar sintomas da depressão, é importante ir focando um a um. Geralmente, quadro depressivo traz um conjunto de sintomas emocionais ou físicos. A pessoa pode sentir-se com fadiga física, sem entusiasmo para fazer nada, sem energia, triste, desanimada, chorosa, sentir dores nas costas, problemas com o apetite e com o sono, entre outros. Cada sintoma deste deve ser trabalhado com EFT. Um a um serão removidos a partir das batidas nos pontos meridianos, até zerar esse conjunto de sintomas que forma um quadro de depressão.

Em essência, EFT é uma versão emocional da acupunctura que estimula determinados pontos/meridianos, através da pressão com os nossos dedos. Este processo resolve as causas de problemas emocionais (meridianos de energia em desequilíbrio). Se executada corretamente, de uma forma geral reduz os procedimentos terapêuticos. O estresse emocional pode contribuir para o aparecimento da dor, da doença emocional e doenças físicas, em grande parte desses casos comprovamos que com EFT é fornecido um alívio físico e emocional surpreendente.

A EFT serve para todos os tipos de dores?

A EFT serve para todos os tipos de dores?

Você sabia que todos os tipos de dores podem ser aliviadas e até mesmo curadas através da EFT – Emotional Freedom Techniques: dores crônicas ou não, dores de coluna, dores de hérnia de disco, dores resultantes de lesões provocadas por acidentes recentes ou antigos, dores de cabeça, enxaqueca, cólicas menstruais, dores nas juntas, dores decorrente de doenças graves como câncer e outras, dores do nervo trigêmio, etc.

Mesmo sendo considerada como uma “versão emocional da acupuntura”, segundo o próprio criador da EFT, Gary Craig, a técnica é muito eficaz no tratamento de dores. Mas por que será que a EFT funciona tão bem nestes casos se ela originalmente foi concebida para tratamento de questões emocionais?

A EFT ainda é muito recente. Gary Craig afimar que as dores estão ligadas total ou parcialmente as questões emocionais. Mesmo dores provocadas por pancadas e acidentes se enquadram nisso. A parte emocional, muitas vezes, impede que a parte física se cure e isto tende a prolongar o período e a intensidade da dor. Devido ao fator emocional é que algumas pessoas que sofrem acidentes passam anos e anos sentindo dores, fazem cirurgias, fisioterapia e não conseguem alívio. É comum, mesmo nestes casos, as dores sumirem ou baixarem consideravelmente com a EFT, ainda que o cliente ache que não tem jeito, já que tentou de tudo por anos a fio com métodos convencionais.

doresAssim como na acupuntura, a EFT também vai trabalhar para calibrar novamente as energias do corpo. Com isso, a dor tende a abaixar ou praticamente sumir. Aplicamos a EFT diretamente em relação ao sentimento da dor.

Mesmo que o alívio da dor não apareça imediatamente, continue fazendo as aplicações de EFT todos os dias. Por exemplo, você pode ter ficado meses reclamando de uma certa situação. Essa carga negativa pode muito bem ser a causa da dor no ombro direito. No entanto, não se pode afirmar que poucas rodadas de EFT irão resolver meses de negatividade. Por isso, persistência nunca é demais. O resultado virá, tenha certeza.

Apenas reiteramos que a EFT pode trazer alívio e assim esconder algum problema físico mais sério. Recomendamos sempre a visita a um especialista para se ter certeza da origem do problema e nunca recomendamos que o cliente abandone qualquer tratamento médico em curso.

Saiba mais sobre nosso atendimento AQUI.

O estresse mata. Livre-se desse mal

O estresse mata. Livre-se desse mal

O estresse é um grande fator de risco para doenças estudado pela Medicina moderna, embora seja inerente à evolução das espécies e ao homem desde os seus primórdios.

Quem não conhece a expressão morrer de raiva ? Ela atribui uma morte súbita ou um ataque cardíaco a um choque emocional, medo, raiva, dor, humilhação, tristeza ou alegria excessiva e ocorre literalmente na Medicina. Muitas pessoas, frente a um grande desgosto, ira excessiva, depressão, morrem do coração (infarto, síndrome do coração partido, arritmias malignas). Hoje, a Medicina e a investigação científica comprovam os mecanismos e vias potenciais envolvidos nesse processo. Estudiosos ressaltam que o estresse como um conceito psicológico tem sido usado não só com referência a condições ambientais ou psicossociais extremas como também um substituto para o que se poderia denominar ansiedade, conflito, frustração, ameaça ao ego ou à segurança.

Um estudo publicado no Journal of Nervous & Mental Disease analisou as alterações nos níveis de cortisol e sintomas de sofrimento psíquico de 83 indivíduos não clínicos que receberam uma intervenção de uma hora única. Os participantes foram aleatoriamente designados para uma Técnica de Libertação Emocional em grupo (EFT). Ensaios de cortisol na saliva foram realizados imediatamente antes e 30 minutos após a intervenção. Sintomas de sofrimento psíquico foram avaliados utilizando o sintoma avaliação-45. O grupo de EFT apresentou melhorias, estatisticamente significativas, na ansiedade (-58,34%, p <0,05), depressão (-49,33%, p <0,002), na gravidade geral de sintomas (-50,5%, p <0,001), e na amplitude dos sintomas (- 41,93%, p <0,001). Experimentou uma diminuição significativa no nível de cortisol (-24,39%; SE, 2,62). A diminuição nos níveis de cortisol no grupo EFT espelhou a melhora observada no sofrimento psíquico.

O cortisol é o hormônio que regula os mecanismos de resposta do corpo ao estresse. O corpo humano é projetado para liberar cortisol apenas nos momentos de perigo físico, para ajudar o corpo a se mobilizar para lutar ou fugir de tal ameaça. O nível de cortisol e outros hormônios suprarrenais, como a adrenalina, devem diminuir quando o perigo passa.

Não devemos viver constantemente com Cortisol e Adrenalina. Mas, infelizmente, é exatamente o que está acontecendo nos dias de hoje. Não respondemos ao perigo físico, mas à agitação, às preocupações, aos problemas financeiros, e a outros estresses da vida moderna.

Assim, os níveis de cortisol, continuamente elevados, contribuem para uma variedade de problemas físicos e psicológicos, como ganho de peso e obesidade, problemas digestivos e metabólicos, fadiga, imunidade baixa, ansiedade, depressão, e outras doenças.

A redução do estresse tem sido citado como vital para a saúde e este estudo fornece evidência específica de como EFT reduz o estresse. A EFT é uma técnica não invasiva, com a estimulação física de pontos específicos do corpo para descarregar o estresse.

Conheça nosso atendimento AQUI.

Bem Estar e Qualidade de Vida

Bem Estar e Qualidade de Vida

A saúde é, quase sempre, um dos primeiros itens que vem a cabeça quando pensamos em bem-estar, pois um depende do outro: a saúde contribui para melhorar o bem-estar de um individuo e a qualidade de vida interfere na saúde. Nesse sentido, a saúde emocional é muito importante, estar bem consigo mesmo e com o mundo ao seu redor.

Para manter uma boa qualidade de vida, é preciso ter hábitos saudáveis, cuidar do corpo, ter tempo para lazer e vários outros hábitos que façam o indivíduo se sentir bem, definir objetivos de vida e fazem com que a pessoa sinta que tem controle sobre sua própria vida. O tempo é com certeza um dos problemas com a qualidade de vida atual, pois as pessoas têm cada vez uma separação menor entre prazer e trabalho, fazendo com que muitas vezes não sobre tempo para buscar atividades que ajudem a manter seu corpo e mentes sãos. Isso deixa claro que a organização é uma etapa importante do processo para se atingir uma vida de qualidade.

A falta de organização e a imposição de padrões pelas mídias fazem com que muitas vezes as pessoas procurem por extremos com a intenção de atingir corpos perfeitos ou outras buscas que tem menos a ver com seu bem-estar do que parecem. Pesquisas mostram que nossas relações sociais tem relação direta com nossa saúde, tanto que muitas vezes os problemas de relações interpessoais são relacionados com problemas de saúde , como problemas cardiovasculares e problemas gástricos.

bemestar2O estresse é um dos problemas que evitam que uma boa qualidade de vida seja alcançada, o comportamento quase autômato tomado no cotidiano muitas vezes impede a consciência do que fazer e por onde começar a ter seu bem-estar. Segundo a instituição inglesa MIND, o trabalho é a maior causa de estresse das pessoas, desencadeando ansiedade em muitas pessoas.

O estresse é uma porta de entrada para maus-hábitos, como aumento excessivo do consumo de álcool, o tabagismo e o uso de antidepressivos também entram na lista. Buscar o relaxamento pode ser feito de várias formas, desde a ingestão de alimentos relaxantes, capazes de atuar contra a ansiedade, a prática de exercícios físicos, a escolha de um momento para fazer algo que seja realmente interessante e pessoal.

Especialistas já estudaram que até mesmo pausas durante o trabalho para ter um momento pessoal ajuda a melhorar a qualidade de vida, nessas pausas se incluem até mesmo pequenas escapadas virtuais, para verificar e-mails pessoais e redes sociais.

O segredo para ter uma vida feliz e longa é: invista na qualidade dela!

Mas em que a EFT pode ajudar você a ter bem estar e qualidade de vida?

A técnica da EFT traz libertação de emoções negativas nos permitindo superar quaisquer obstáculos inconscientes que nos impeçam de ter o desempenho de que somos capazes.

EFT o ajudará a fazer mudanças em todas as áreas de sua vida com segurança e amor e, sem seus medos, seu mundo irá gradativamente mudar, porque poderá tomar decisões não influenciado por seus medos mas por sua coragem e confiança em si mesmo.

A EFT é indicada para:

  • Aliviar estresse
  • Liberar e transformar emoções dolorosas ou negativas, como por exemplo tristeza, raiva, culpa frustração, etc.
  • Melhorar e mesmo eliminar desconforto físico ou dor.
  • Aumentar a autoestima
  • Curar efeitos de traumas físicos e emocionais.
  • Melhorar a performance em diversas áreas (artística, profissional, atlética, sexual, etc.)
  • Aumentar criatividade
  • Aumentar energia e produtividade
  • Diminuir compulsão por comidas e substâncias que causam dependência
  • Melhorar o sono e os hábitos referentes ao sono
  • Ajudar a mudar nosso comportamento em relação a maneira que agimos frente ao dinheiro e nossos gastos
  • Melhorar problemas de relacionamento
  • Fortalecer crianças, pais e familiares
  • Promove crescimento espiritual, autoconfiança e fortalecimento pessoal.
  • Nos leva a vencer crenças autolimitantes, e nos abre para maravilhosas possibilidades.


*Importante:
Como toda nova técnica em estudo, ela deve ser usada como complemento para outros tratamentos. Ela não substitui nenhum tratamento. Por isso, não pare nenhum tratamento sem falar com seu médico.

 

Você sabe o que é Coaching Holístico

Você sabe o que é Coaching Holístico

Antes precisamos saber o que é Coaching

Há diversas teorias sobre a origem do termo “coach” no contexto do desenvolvimento de pessoas, mas, em algum lugar da história, ele compartilha um ancestral comum com o verbo em inglês “coax”, que significa PERSUADIR.

O profissional de coaching atua como um ESTIMULADOR externo que desperta o potencial interno de outras pessoas, usando uma combinação de flexibilidade, insight, perseverança, estratégias, ferramentas pautadas em uma metodologia de eficácia comprovada.

O Coach (Profissional) acompanha seu Coachee (Cliente), demonstrando interesse genuíno (às vezes chamado de carisma) para APOIAR os seus clientes de Coaching (Coachees) a acessar seus recursos internos e externos e, com isso, melhorar seu desempenho.

Além dessa definição, há outras interpretações sobre a função, o comportamento e as características de um coach. Dependendo das circunstâncias, é possível que o coach precise adotar estilos muito diferentes a fim de atender às necessidades de seus coachees.

Entre os fatores que podem influenciar na abordagem de coaching estão a complexidade da meta, os riscos de erro na realização da tarefa, o nível inicial de disponibilidade para o coaching por partes dos integrantes da equipe, sua autoconfiança e capacitação para a tarefa e o nível de maturidade para a aprendizagem demonstrado pelo coachee (até que ponto ele se mostra capaz de cogerenciar o processo de coaching).

Os diferentes tipos de Coaching

 

coachingExecutivo

Visa a capacitar executivos na sua performance e excelência pessoal e nos negócios. Assiste o executivo na identificação de metas, valores, missão e propósito da empresa no mercado. Também trabalha a clareza da sua missão pessoal e empresarial, o profissional de coaching executivo objetiva o equilíbrio dos propósitos da empresa, de suas necessidades humanas e dos diferentes papeis vividos na empresa, na família e na sociedade.

Pessoal ou coaching de vida (life coaching)

Objetiva a capacitação das pessoas na sua auto-realização, pelo alcance de suas metas, alinhando-as para uma vida equilibrada com seus valores, missão e propósito de vida. A meta a ser trabalhada pode estar em qualquer área da vida da pessoa, como saúde, relacionamentos, espiritualidade, finanças, carreira, administração do tempo, família, etc. O coach vai apoiar o coachee (cliente) na definição da meta, na estratégia para alcançar os resultados almejados e também na superação dos desafios que aparecerem ao longo do caminho. Durante o processo de coaching , o foco é no presente e no futuro, e o coach trabalhará para manter o coachee em ação para que, ao final, ele realize o que se propôs. O life coaching é um dos desdobramentos essenciais e a teoria das inteligências múltiplas e a programação neurolinguística servem como ferramentas de autoavaliação e, consequentemente, de autoconhecimento, estando intrinsecamente ligadas à comunicação. Atualmente existem vários nichos de coaching pessoal, entre eles: coaching de Casamento (ou de noivas), coaching para Emagrecimento, coaching, coaching Financeiro, e afins. A metodologia utilizada pelo coach integral sistêmico, e a mais indicada para alcançar melhores resultados nestas áreas. Um exemplo de coach pessoal é uma treinadora de Bauru que está desenvolvendo um novo método de coach. Ela atende em escritório particular com direito a chocolates e cadeira de massagens.

De performance

O coaching de performance – ou coaching do desempenho – tem o objetivo de destravar as habilidades naturais dos profissionais. É um processo em que uma pessoa ajuda a outra a desempenhar, a aprender e a atingir objetivos e metas pelo autoconhecimento e conscientização sobre a própria responsabilidade no crescimento profissional. O mesmo atinge seus objetivos ao identificar os bloqueios internos e ao removê-los para a obtenção de resultados. É descobrir a perspectiva e as necessidades da equipe pelo questionamento profundo em que eles identifiquem e removam obstáculos de desempenho.

O coaching de performance é a atitude mais importante do gestor para aumentar a produtividade e atingir metas, pois é implementar a estratégia: missão, visão, valores, metas, produtos e pessoas. Além disto, ele é uma metodologia com resultados tangíveis e mensuráveis, e normalmente implementado em equipes de vendas e serviços. O retorno sobre o investimento (ROI) de um projeto desses reflete no desempenho no curto prazo, normalmente em 3 a 6 meses.

Mas e o Coaching Holístico? O que é?

O Coaching Holístico utiliza o Tripé Estratégico, três passos para o sucesso: Equilíbrio Emocional, Comunicação Eficiente & Gestão de Relacionamentos. Ele alia ao Coaching uma visão ampla de forma a se fortalecer o eixo pessoal.

equilibrioEquilíbrio Emocional – assumir o controle de nossas vidas significa, antes de tudo, adquirir equilíbrio. A partir desse equilíbrio pessoal, emocional, podemos remodelar nossas vidas, desenvolver habilidades, lapidar o que somos e o que desejamos. É nele que consolidamos, corpo, mente e espírito. O mundo ao nosso redor simplesmente amplia e retorna, mais e mais do que emitimos. O que você emite?

No Coaching Holístico o trabalho sobre o Equilíbrio pessoal e emocional é pontual, proporcionando bem estar, segurança, autoestima e autoconfiança.  O caminho para o sucesso é construído de dentro para fora expandindo esse equilíbrio e harmonia a todas áreas de nossas vidas.

O Coaching Holístico ajuda a desenvolver sua autoestima e o objetivo que deseja para sua vida.

Comunicação eficiente: é construída a partir do equilíbrio emocional. Toda comunicação tem origem na intenção. Antes mesmo da comunicação ter início é preciso foco, segurança e mentalização objetiva. Com treinamento adequado tornamo-nos co-criadores de nosso universo.

No Coaching Holístico são desenvolvidas habilidades para a superação de crenças limitantes, bloqueios, focalização de metas, construção mental do caminho, etc. Tudo que nos representa contribui para a construção de uma percepção sobre nós, portanto tudo é comunicação.

O Coaching Holístico volta seu olhar para dentro, para o eixo, e tudo ao redor é conduzido a partir dele. Uma única atenção gerando um universo complexo e simples.

Gestão de Relacionamentos: Tudo com o que nos relacionamos é impregnado por nossa essência. Relacionamentos são a porta do desenvolvimento pessoal e da estrutura social. Requerem comunicação eficiente, maturidade e flexibilidade. Relacionar é sofrer atritos, é lapidação, aprendizado e transformação. Bons relacionamentos se desenvolvem com equilíbrio e flexibilidade, são construídos com boa comunicação gerando times imbatíveis multi-conectados de forma profunda, intensa e apaixonante.

Crises são externas, não internas. Um time conectado e comprometido não se abala, se fortalece transformando crises em oportunidades. Com a liderança adequada um time alinhado realiza o “impossível” diariamente. Desenvolva habilidades, gestão de relacionamentos e liderança.

Ainda tem dúvidas? Leia este artigo: http://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2013/12/17/saiba-o-que-e-coaching-e-o-que-ele-pode-fazer-por-sua-carreira.htm

Conheça nosso atendimento AQUI.